Esportes

Tecido dry: são todos iguais?

Todos sabemos que o Dry Fit é um excelente tecido para a prática de esportes. O que nem todos sabem é que existem diferentes tipos de dry e que alguns possuem a qualidade muito inferior podendo interferir nos resultados do atleta.

Não é para todo mundo que a prática de atividades físicas é rotina ou super estimulante. Mas somos conscientes sobre a importância de inserirmos em nossa rotina alguma atividade física. Corridas na rua, musculação, atividades em grupo, como vôlei, futebol ou basquete são exemplos das mais escolhidas pela população brasileira.
Quando nos vestimos para praticar alguma atividade física, não pensamos em como a escolha das nossas roupas podem nos ajudar e incentivar essa prática. Mas acreditem, a roupa que você utiliza pode ser determinante tanto no seu rendimento, quanto na sua vontade de voltar amanhã. Ao contrario do que muitas empresas afirmam existe muita diferença no tecido dry que são comercializados de acordo com cada empresa produtora da malha, embora o nome da matéria prima seja o mesmo em todas. As diferenças vão desde a qualidade e durabilidade do fio utilizado até o tratamento final da malha, passando pelo processo de tecelagem dos fios que interfere diretamente no toque e durabilidade da malha. A tecnologia do tecido de Dry Fit é o melhor exemplo disso, pois ela proporciona ao atleta inúmeros benefícios durante e após ela, além de ter um custo mais acessível.

Três fatores são levados em conta na hora de elaborar um tecido esportivo:

  • Isolamento térmico e troca de ar com o ambiente
  • Absorção e transporte de umidade
  • Sensação de conforto na pele com suor

As camisetas Dry Fit possuem grande vantagem nestes três fatores, principalmente quando comparadas com as camisetas de algodão. Além do mais, existem outras razões que podem ser levadas em conta na hora de optar por essa tecnologia.
O tecido é extremamente leve e feito com materiais permeáveis que por si só permitem e até estimulam a transpiração durante o exercício, que ao contrário do que se imagina, é um efeito positivo, já que esses mesmos componentes promovem também uma melhor aeração do espaço entre o corpo e a roupa e consequentemente auxiliam no resfriamento do corpo, dando ao atleta uma sensação de frescor e disposição.

O nome “Dry Fit”

O que poucos sabem é que o nome “Dry Fit” é patenteado e a única empresa que pode utilizá-lo é a Nike, e é por isso que vemos nomes diferentes em cada empresa que utiliza essa tecnologia em seus produtos.
Aqui na Tolledo Sports utilizamos o termo Dry Agile, Dry Breath ou Dry Feather para o nosso tecido, mas a tecnologia utilizada é a mesma para evitar a retenção de suor e o maior conforto do atleta durante e após a atividade física.
O Dry Agile possui o tratamento “true life” que evita a retenção de suor e permite a transpiração do atleta, evitando assim que a camiseta fique pesada durante a atividade. Além do “nitrato de prata”, que evita a retenção do odor durante e após o treinamento.
Já os Dry Breath e Feather possuem o tratamento de proteção UVA/UVB para os atletas que praticam atividades ao ar livre. Neste caso, vale lembrar que esta proteção tem um curto prazo no tecido, pois à medida que sofre lavagens ela vai se dissipando.

Todas as nossas camisetas voltadas para a prática de esportes são confeccionadas com a tecnologia Dry, pensando no bem-estar do atleta e por consequência no seu melhor rendimento.
Visite nosso catálogo de produtos e escolha o que mais se adequa a você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *